Mulheres em Foco foi tema do Arteiros em unidade de Taubaté

“Nunca parei para pensar sobre os desafios e sobre a história das mulheres, e que um dia fosse conhecer meninas que cantam rap e que viessem dar atenção pra gente. Estou muito feliz”, disse o adolescente W. sobre o evento.

O tema "Mulheres em foco: para além do 8 de março" marcou o dia 21 de março no Centro de Atendimento da Fundação CASA Taubaté – SP.
 
As atividades com os adolescentes da unidade aconteceram como forma de trazer reflexões sobre o dia conhecido como "Dia Internacional da Mulher" e para complementar as temáticas trabalhadas em oficinas anteriores de Artes Plásticas e Literatura, que abordaram o tema “Mulher”.
 
"Os arte-educadores do CEDAP aproveitaram este tema gerador para problematizar com os adolescentes algumas questões de gênero, principalmente no que diz respeito ao machismo e discriminação/opressão da mulher na sociedade", explica Marcos Chabes, coordenador regional do Projeto Arteiros.
 
Além dos arte-educadores Luiz Claudio Oliveira (literatura) e Daniela Victorio (artes plásticas) participaram das atividades integrantes de grupos de rap Meire MC (D´Origem), Renatinha (Quitéria Rap), e  Rdee (Infantaria do Rap), e ainda a  Pedagoga e Pesquisadora Mariane.
 
O evento contou com exposições de obras produzidas nas oficinas, apresentações musicais dos convidados e dos adolescentes e cine-debate com o curta "Jennifer – menina mulher da pele preta” (veja fotos em nossa página oficial do Facebook – facebook.com/cedapcampinas ou clicando aqui).
 
"Participamos de todo o evento, envolvidos nas atividades e estimulando os adolescentes a mostrarem aquilo que produziram nas oficinas. Alguns adolescentes também tiveram a oportunidade de cantar rap e funk relatando suas vivências e perspectivas", conta o arte-educador Luiz Claudio Oliveira. "As convidadas conversaram com os jovens sobre a importância e o papel das mulheres em nossa sociedade, cantaram, falaram de suas trajetórias de vida, e das possibilidades e caminhos que os jovens podem escolher".
 
"Foi uma atividade de extrema importância e estimulo ao senso critico dos adolescentes, com troca de ideias e interação com os participantes e convidados do evento promovendo uma reflexão sobre os fatos e acontecimentos que os rodeiam e também das temáticas trabalhadas nas oficinas de literatura marginal. Tivemos total apoio das equipes do Centro, servidores e parceiros com comprometimento e atenção na realização do evento”, relembra ainda Oliveira.
 
"Foi também um momento no qual os adolescentes mostraram suas habilidades, talentos, desenvolvimento, evolução, fazendo um paralelo de suas vivências através das artes plásticas", acrescenta a arte-educadora Daniela Victorio.
 
...com estereótipos na cabeça acham que fazer parte do jogo é natural
e quem não segue a legião é taxado como anormal
e assim começa mais uma lavagem cerebral
de todos ao seu redor
você se acha desigual
gorda ou magra eles não estão satisfeitos
o que eles querem é massificar os seus conceitos
calculando um tipo de corpo arquitetado
te usando pra expor na vitrine do mercado...

 Trecho música | Renatinha – Quitéria Rap

Fotos: Marcos Chabes

R. Barbosa da Cunha, 930 • Jd. Guanabara • Campinas • SP • CEP: 13073-320
Fone e Fax: (19) 3235-1800 • (19) 3291-0287 • Email: cedap@cedap.org.br
Todos os direitos reservados . Cedap . Desenvolvido por W2F Publicidade